Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2015

Pesquisa Eleitoral - Prefeitura de Porto Alegre - Setembro 2015

O Instituto Methodus divulgou, nesta segunda 21/09, em parceria com a Band RS os resultados de uma pesquisa eleitoral realizada na cidade de Porto Alegre. Confira abaixo a análise da cientista política Fernanda Barth e o pdf com a pesquisa completa.

Porto Alegre tem vivido desde o ciclo petista na prefeitura (1988-2004) eleições polarizadas. Com a eleição de Fogaça em 2004 a tônica da campanha foi qual o candidato que teria mais chances/força para ganhar a eleição e encerrar o ciclo de 16 anos do PT em Porto Alegre. Com o desgaste do PT no cenário nacional, que acaba contaminando o cenário geral, teremos claros reflexos na eleição de 2016. O partido que chegou a ter 53,71% em um primeiro turno em Porto Alegre, com a candidatura de Raul Pont em 1996 (cujo vice era Fortunati), vem decaindo na intenção de voto no município, tendo feito 22,73% com a candidatura de Maria do Rosário em 2008 e 9,64% com a de Adão Vilaverde em 2012. Por outro lado as candidaturas do PSOL, com Luciana Genro e d…

Marketing de Conteúdo

Imagem
Os conceitos de marketing evoluíram e adaptaram-se ao mercado, no decorrer dos anos e conforme as diferentes épocas da vida humana. Nos anos de 1950 e 1960, o foco estava nos produtos. Em 1970 e 1980, o direcionamento principal era para a gestão dos clientes. A partir das décadas de 1990 e 2000 foi incluída a gestão da marca neste pacote. E agora, surgem outras necessidades de adaptação.
A partir dos anos 2000, com a presença da internet, ocorreu a maior de todas as transformações. Uma mudança de paradigma que alterou a forma como o mundo consome mídias. Nas duas últimas décadas, ocorreram mudanças no mercado que impactaram o marketing. Dentre estas, destacam-se: A queda dos investimentos em mídia de massa como jornais e revistas e a saturação da propaganda; A alteração no comportamento dos consumidores com menos de 30 anos que não desenvolveu o hábito de consumir as mídias tradicionais; O ápice das redes sociais e da tecnologia mobile; A necessidade de conexão emocional com os consumi…

Buyer Persona

Imagem
O que é?
A Buyer Persona é a representação do cliente ou comprador ideal de uma marca, produto ou serviço.


Dados necessários para identificar a Buyer Persona
Perfil: gênero, idade, renda, estado civil, escolaridade, profissão, cargo que exerce, segmento que trabalha, onde mora, como mora, com quem mora, quais os veículos de comunicação e redes sociais que acessa.
Mas somente o perfil não é o suficiente para definir a Buyer Persona, são necessárias outras informações, tais como
Quais os planos e objetivos desta Buyer Persona: 

Casar e ter filhos? Comprar uma casa na cidade, na praia, no campo ou em todos esses lugares?
Realizar uma viagem, trocar de emprego, cursar uma faculdade ou mestrado?
Essa Persona frequenta teatro, shows, cinemas? Tem algum hobby?
Gosta de esportes? Leva uma vida saudável? Como ele é fisicamente?
Ela já tem carro, plano de saúde, seguro de vida? Que frases ela costuma dizer?
Com qual frequência consome meu produto? Compra por necessidade ou prazer? 

Como chegou até minh…

Grupo Amanhã: Eleitores gaúchos são contra o aumento do ICMS

Imagem
A maioria dos eleitores gaúchos (91,7%) é contra a aprovação do aumento do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) pelos deputados estaduais, conforme revelou a pesquisa de opinião encomendada pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs). Os entrevistados afirmaram que a elevação da alíquota não resolverá a crise financeira do Estado (73,2%) e ampliará o desemprego (88,3%). “O aumento do imposto não é uma questão empresarial. O cidadão tem plena consciência do impacto negativo sobre toda a economia. Essa percepção ficou clara pela grandeza dos números da pesquisa, quando a posição contrária à elevação do ICMS se aproxima de 100%”, afirmou o presidente da Fiergs, Heitor José Müller (foto), em nota. A pesquisa procurou medir o nível de conhecimento da população em relação à proposta do governo enviada ao legislativo. Conforme o resultado, os impactos da elevação do ICMS para solucionar os problemas financeiros do Estado são de conhecimento de 73,5% dos gaú…

Rádio Guaíba: Quase 92% dos eleitores gaúchos dizem ser contra aumento de ICMS

Imagem
Mil pessoas foram ouvidas pelo Instituto Methodus, de 28 de agosto a 1º de setembro
Uma pesquisa de opinião elaborada pelo Instituto Methodus, da pedido da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs) mostra que a maioria dos eleitores gaúchos (91,7%) é contra a aprovação do aumento do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) pela Assembleia Legislativa. Os entrevistados afirmaram que a elevação da alíquota não resolve a crise financeira (73,2%), além de ampliar o desemprego (88,3%). Ainda conforme o resultado, a medida não estimula o crescimento da economia estadual (75,5%). Pelo contrário, compromete a atividade econômica (73,8%), provoca a perda de competitividade das empresas (75,6%) e o avanço da inflação (86%). As entrevistas ocorreram de 28 de agosto a 1º de setembro e envolveram 1 mil pessoas, de diferentes classes sociais, de ambos os sexos, acima de 16 anos e eleitores. O levantamento em 20 municípios abrangeu todas as mesorregiões. A margem de erro d…

Folha do Mate: Mais de 90% dos eleitores gaúchos são contra o aumento do ICMS

Imagem
A maioria dos eleitores gaúchos (91,7%) é contra a aprovação do aumento do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) pelos deputados estaduais, conforme apurou a pesquisa de opinião encomendada pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs) ao Instituto Methodus. Os entrevistados afirmaram que a elevação da alíquota não resolverá a crise financeira do Estado (73,2%) e ampliará o desemprego (88,3%). 'O aumento do imposto não é uma questão empresarial. O cidadão tem plena consciência do impacto negativo sobre toda a economia. Essa percepção ficou clara pela grandeza dos números da pesquisa, quando a posição contrária à elevação do ICMS se aproxima de 100%', afirmou o presidente da Fiergs, Heitor José Müller. A pesquisa apurou ainda o nível de conhecimento da população em relação à proposta do governo enviada ao legislativo. Conforme o resultado, os impactos da elevação do ICMS para solucionar os problemas financeiros do Estado são de conhecimento de 7…

Jornal O Sul: Mais de 90% dos gaúchos são contra o aumento do ICMS, aponta pesquisa divulgada pela Fiergs

Imagem
"Essa percepção ficou clara pela grandeza dos números da pesquisa, quando a posição contrária à elevação do ICMS se aproxima de 100%", afirmou o presidente da Fiergs, Heitor José Müller (Foto: Divulgação)

A maioria dos eleitores gaúchos (91,7%) é contra a aprovação do aumento do ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) pelos deputados estaduais, conforme pesquisa encomendada pela Fiergs (Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul) ao Instituto Methodus. Entre os entrevistados, 73,2% afirmaram que a elevação da alíquota não resolverá a crise financeira do Estado, e 88,3% que ampliará o desemprego. “O aumento do imposto não é uma questão empresarial. O cidadão tem plena consciência do impacto negativo sobre toda a economia. Essa percepção ficou clara pela grandeza dos números da pesquisa, quando a posição contrária à elevação do ICMS se aproxima de 100%”, afirmou o presidente da Fiergs, Heitor José Müller. O levantamento apurou ainda o nível de conhecimento da…

Greve de servidores estaduais no RS pode se estender até dia 11

Imagem
Matéria de Sérgio Rock Bueno, publicada no site Valor Econômico em 03/09/15, contou com dados da pesquisa realizada pelo Instituto Methodus para a Fiergs.

Fonte: http://www.valor.com.br/brasil/4209868/greve-de-servidores-estaduais-no-rs-pode-se-estender-ate-dia-11

Clic RBS: Pesquisa mostra que 90,7% dos eleitores gaúchos é contra aumento do ICMS

Para os entrevistados, elevação da alíquota não resolverá situação das finanças e aumentará desempregoA maioria dos eleitores gaúchos é contra a aprovação do aumento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS)pelos deputados estaduais. O resultado consta em pesquisa encomendada pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs) ao Instituto Methodus. Os entrevistados afirmaram que a elevação da alíquota não resolverá a crise financeira do Estado e ampliará o desemprego. — O aumento do imposto não é uma questão empresarial. O cidadão tem plena consciência do impacto negativo sobre toda a economia. Essa percepção ficou clara pela grandeza dos números da pesquisa — avaliou o presidente da Fiergs, Heitor José Müller. As entrevistas ocorreram de 28 de agosto a 1º de setembro e envolveram 1 mil pessoas, de diferentes classes sociais, de ambos os sexos, acima de 16 anos e eleitores. O levantamento em 20 municípios abrangeu todas as mesorregiões do Estado. A margem de …

Jornal do Comércio: Mais de 90% dos eleitores do Estado rejeita o aumento de ICMS

Imagem
Sondagem encomendada pela Fiergs aponta que 73,2% dos gaúchos não acredita que a medida possa resolver a crise financeira


Uma pesquisa de opinião, encomendada pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs), constatou que 91,7% dos eleitores gaúchos rejeitam a aprovação da proposta de aumento do ICMS pela Assembleia Legislativa. O levantamento, realizado pelo Instituto Methodus, entre os dias 28 de agosto e 1 de setembro em 20 munícipios, ainda aponta que a maioria dos entrevistados (73,2%) não acredita que a medida ajudará a resolver a crise financeira do Estado.


Na avaliação do presidente da Fiergs, Heitor Müller, além da contundência das manifestações contrárias, o que mais surpreende é o nível de interesse da população sobre o assunto. Isso porque a sondagem apurou que 73,5% dos gaúchos relataram ter conhecimento acerca do tema. “Essas pesquisas obedecem uma metodologia técnica e que prevê abrangência de todas as regiões do Estado. Realmente, surpreendeu, eu diria que at…

Globo.com: Mais de 90% dos eleitores do RS são contra o aumento do ICMS, diz Fiergs

Pesquisa foi encomendada pela entidade gaúcha ao Instituto Methodus.Medida é prevista em projeto enviado pelo governo estadual à Assembleia.

Mais de 90% dos eleitores do Rio Grande do Sul são contrários ao aumento das alíquotas do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), medida prevista em projeto de lei encaminhado pelo governo estadual à Assembleia Legislativa. O número foi apontado em pesquisa encomendada pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs) ao Instituto Methodus, divulgada nesta quinta-feira (3) pela entidade gaúcha.


O governo argumenta que a medida tem como objetivo amenizar a crise financeira que atinge o estado, e que levou ao parcelamento dos salários dos servidores públicos estaduais pelo segundo mês consecutivo, o que provocou uma greve geral e diversos protestos. A expectativa do governo é arrecadar R$ 2 bilhões com a medida.
O projeto prevê o aumento da alíquota básica do ICMS de 17% para 18%, além da elevação de 25% para 30% do impost…